Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 20 de Janeiro de 2022

Bandeira do Distrito Federal
Bandeira do Distrito Federal

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
  :: Brasília
    .: Arquitetura
    .: Como Chegar
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Distritos Turisticos
    .: Eventos
    .: Hidrografia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Litoral
    .: Parques
    .: Relevo
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Municípios


Brasília - DF

Hidrografia
Rios | Lagos | Poços | Cachoeiras

Rios:

Córrego Pipiripau:
Rio que nasce no Vale do Amanhecer, em Planaltina, e desemboca no rio São Bartolomeu. Forma várias cascatas, sendo a maior delas de 1 m e meio de altura e uma piscina natural. É uma área pública e de captação da Caesb.
Localização: Planaltina, 58 km do Plano Piloto.

Rio Preto:
Rio que divide o DF e o estado de Goiás a leste.

Ribeirão Paranoá:

Ribeirão do Bananal:
Rio que nasce no Parque Nacional de Brasília e deságua no Lago Paranoá. Possui água cristalina e peixes, é cercado de rica flora e da fauna do cerrado. Seu estuário é o habitat sazonal de centenas de garças brancas.

Ribeirão do Torto:
Rio que nasce dentro do Parque Nacional de Brasília, pela junção do ribeirão Tortinho e do córrego Três Barras, possui águas cristalinas que abastecem de água potável 30% de Brasília. Após sair da área de captação, transforma-se em um curso d'água sujo e escuro, desaguando no braço norte do Lago Paranoá.

Rio Santa Maria:
Rio que abastece 30% de Brasília.

Rio Descoberto:
Rio que nasce dos córregos do Barracão e Capão da Onça, na região administrativa de Brazlândia,DF e deságua no rio Corumbá. Divide o Distrito Federal do estado de Goiás pelo lado oeste e abastece 60% de Brasília e da cidade-satélite de Brazlandia (DF). É protegido pela APA do Descoberto.

Córrego Currais:
Rio situado na Área de Proteção Ambiental do Rio Descoberto - APA Descoberto, é fonte de abastecimento do DF.

Córrego de Pedra:
Rio situado na Área de Proteção Ambiental do Rio Descoberto - APA Descoberto, deságua no Rio Descoberto e abastece a cidade Planaltina de água potável.

Córrego Cana do Reino:
Rio situado na FLONA Brasília.

Córrego Cabeceira do Valo:
Rio situado na FLONA Brasília.

Córrego Poço d'Água:
Rio situado na FLONA Brasília.

Córrego Cabeça de Veado:
Rio que ajuda à formação do Lago Paranoá.

Rio Maranhão:
Rio que nasce próximo à Lagoa do Bonsucesso, na divisa norte do Distrito Federal com Goiás, transforma-se no rio Tocantinzinho e dá origem ao rio Tocantins, já no estado de Goiás. Possui águas limpas.

Rio São Bartolomeu:
Rio que nasce no centro do Distrito Federal, a partir das águas que vêm da região mais alta de Sobradinho e Planaltina, próximo à lagoa Joaquim Medeiros, recebe as águas do Rio Paranoá, e depois segue pelo estado de Goiás, formando a bacia do Corumbá.

Rio Contagem:
Rio que nasce na chapada da Contagem, na região próxima ao atual setor residencial Lago Oeste, no noroeste do Distrito Federal, desaguando pouco depois no rio Maranhão. É encachoeirado e possui vários locais para banho.
Localização: APA de Cafuringa.

Córrego Vereda Grande:
Rio que nasce na Estação Ecológica de Águas Emendadas, forma com o córrego Brejinho este fenômeno. Corre para o norte, encontra o rio Maranhão que alimenta o rio Tocantins.

Córrego Brejinho:
Rio que nasce na Estação Ecológica de Águas Emendadas, forma com o córrego Vereda Grande este fenômeno. Corre para o sul, engrossa o córrego Fumal e encontra o rio São Bartolomeu, depois para o Corumbá, desaguando no Paranaíba e formando então o rio Paraná.

Ribeirão do Gama:
Rio que deságua no Lago Paranoá.

Córrego do Cortado:
Rio que banha Taguatinga no sentido norte-sul, junta-se com o córrego Taguatinga e forma o Ribeirão Taguatinga.

Córrego Taguatinga:
Rio que banha Taguatinga no sentido sul-norte, junta-se com o córrego Cortado e forma o Ribeirão Taguatinga.

Ribeirão Taguatinga:
Rio formado pela junção dos córregos Taguatinga e do Cortado, deságua no Rio Descoberto, nos limites do Distrito Federal com o Estado de Goiás.

Córrego Cupins:
Rio que nasce na APA de Cafuringa.

Córrego Paranoazinho:
Rio que nasce na Chapada da Contagem, é área de captação da Companhia de Água e Esgoto de Brasília (Caesb). Deságua no ribeirão Sobradinho.

Córrego Caxeta:

Rio da Palma:
Rio que nasce na APA de Cafuringa.

Rio do Sal:
Rio encachoeirado que nasce na APA de Cafuringa.

Ribeirão Saia Velha:
Rio que divide o do Distrito Federal do estado de Goiás, é formado por uma série de corredeiras, propícias aos banhos.

Córrego Ribeirão / Córrego Monjolo:
Rio que nasce na APA de Cafuringa.

Córrego Urubu:
Rio que nasce no alto do Colorado e desemboca no Lago Paranoá, em seu braço norte, um pouco depois da foz do Torto.

Córrego Urubu:
Rio que nasce no alto do Colorado e desemboca no Lago Paranoá, em seu braço norte, um pouco depois da foz do Torto.

Rio Tocantins:
Rio que nasce a mais de 1.100m de altitude, na Estação Ecológica de Águas Emendadas (DF), com o nome de córrego Vereda Grande, é um dos mais importantes rios do Brasil. Possui cerca de 2.700km de extensão, corta Goiás eTocantins e divide este estado com o Maranhão. Recebe o Araguaia, atravessa o Pará (onde foi represado para formar Tucuruí) e deságua no Atlântico.

Ribeirão Dois Irmãos:

Rio Sonhém:
Rio que deságua no rio Maranhão, possui águas cristalinas e ocorrência de rochas calcárias no seu leito.

Córrego Mestre d´Armas:
Rio que nasce na Lagoa Bonita e depois se transforma no rio São Bartolomeu, que, junto com o Descoberto e o Corumbá, corre para a bacia hidrográfica do Prata.

Ribeirão Sobradinho:

Lagos:

Lagoa Bonita / Mestre d’Armas:
Única lagoa natural de Brasília. É cercada de fauna e flora típicas do cerrado. Tem 5 km de perímetro e aproximadamente 800 m de largura. Fica a 39 km do Plano Piloto. Acesso pela BR-020, logo após a entrada para Planaltina, entrar à esquerda e seguir 3 km. Faz parte da Estação Ecológica de Águas Emendadas.
Localização: 39 km do Plano Piloto.

Lago Paranoá:
Lago artificial, formado pelas águas represadas do Ribeirão Paranoá e dos Riachos Gama, Torto, Bananal, Fundo e Vicente Pires, tem como objetivo aumentar a umidade do ar e amenizar o clima seco da região, com 40 km² de extensão, profundidade de 30 m e cerca de 80 km de perímetro. Muito freqüentado principalmente no verão, para a prática de esportes náuticos. Abriga muitos bares e restaurantes ao seu redor. Nele encontra-se a Barragem do Paranoá que produz energia hidrelétrica.

Lagoa do Bonsucesso:
Lagoa situada na divisa norte do Distrito Federal com o Estado de Goiás.

Lagoa Joaquim Medeiros:
Lagoa situada na parte norte do Distrito Federal, integra um parque ecológico.

Lagoa do Jaburu:
Lagoa situada dentro dos jardins do Palácio do Jaburu, serve de unidade para educação ambiental.

Represa do Torto:
Represa formada pelo Ribeirão do Torto, abastece 30% da população de Brasília. Situa-se dentro do Parque Nacional de Brasília.

Represa Santa Maria:
Represa formada pelos córregos Vargem Grande, Barriguda e Milho Cozido, abastece 30% da população de Brasília. Nela ocorrem dois fenômenos: o conhecido como Peito-de-Moça, uma fonte de água situada do topo de uma elevação, que escorre lateralmente e logo após infiltra no solo e o conhecido como Três Buracos, uma série de três buracos dispostos linearmente, com presença de água em alguns pontos, correndo pelo fundo e sumindo e ressurgindo no buraco seguinte. Cada buraco apresenta uma vegetação densa, em uma área de campo limpo. Situa-se dentro do Parque Nacional de Brasília.

Poços:

Poço Azul:
Poço de águas límpidas e azuladas, formado pelo rio da Palma, na APA de Cafuringa (norte do Distrito Federal). Encontra-se em propriedade particular, sendo cobrado ingresso.
Localização: Brazlândia, 40 km do Plano Piloto.

Cachoeiras:

Salto do Tororó:
Queda do córrego Caxeta, com 10 m de altura, água limpa e cristalina, situada em mata fechada, próxima ao Lago Sul. O acesso é feito pela QI 23, em direção ao Jardim Botânico. Propício à prática do rapel.
Localização: Próximo ao Lago Sul, 35 km do Plano Piloto.
Funcionamento: Diariamente de 7:00h às 17:00h.

Cachoeira das Mumunhas:
Conjunto de 6 cachoeiras, um salto, dois poços e diversas piscinas e duchas naturais, no córrego Cupins, na Chapada da Vendinha, a noroeste do Distrito Federal, na APA da Cafuringa. É uma propriedade particular.
Localização: Saída Norte, próximo ao balão do Posto Colorado, Chapada de Vendinha, 44 km do Plano Piloto - Tel: 345-8668.
Funcionamento: Diariamente de 7:00h às 17:00h.

Cachoeira do Rio do Sal:
Queda formada pelo rio do Sal, com 12 m de altura, possui duchas e piscinas naturais. O acesso é pela DF-002.
Localização: Brazlândia, 68 km do Plano Piloto.

Cachoeira da Saia Velha:
Balneário composto de vários cursos d'água, com quedas e piscinas naturais, no ribeirão Saia Velha, possui um clube campestre, o Country Clube Saia Velha, só para associados, com piscinas, poço para mergulho com 30 m de profundidade, camping, churrasqueira, playground, viveiros e minizôo, campo de futebol, sala de sinuca e restaurantes. É cobrado o ingresso.
Localização: 35 km de Brasília, com acesso pela BR-040.

Cachoeira Paranoazinho:
Duas quedas d'água, formadas no córrego Paranoazinho, com um pequeno poço para banho. Seu acesso é feito pela DF-150.

Cachoeira Sete Quedas / Cachoeira do Colorado / Cachoeira do Ribeirão da Contagem:
Conjunto de pequenas quedas d´água do rio Contagem. Seu acesso é feito pela estrada do Lago Oeste (DF-001) até a Vila Basevi.

Cachoeira do Monjolo:
Queda do córrego Ribeirão (ou Monjolo), na APA de Cafuringa, seu acesso é difícil, feito através da DF-150.

Cachoeira Uruaçu:
Queda do córrego Urubu, é a mais próxima do Plano Piloto.

Cachoeira Dois Irmãos:
Conjunto de 30 quedas d'água e poços, situada no ribeirão Dois Irmãos, dentro da APA de Cafuringa, ao norte do Distrito Federal. Seu acesso é feito, a partir de Brazlândia (DF), pela BR-180.
Localização: Fazenda Imperial - Tel: 345-8668.

Cachoeira do Pipiripau:
Queda do córrego Pipiripau formando conjuntos de piscinas naturais, próximos a áreas de camping. Possui águas frias e é propícia aos banhos.
Localização: Planaltina.







® Copyright 2000-2020 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal