Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 25 de Fevereiro de 2020

Bandeira de Rondônia
Bandeira de Rondônia

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
  :: Porto Velho
    .: Arquitetura
    .: Como Chegar
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Distritos Turisticos
    .: Eventos
    .: Hidrografia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Litoral
    .: Parques
    .: Relevo
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Municípios


Porto Velho - RO

Arquitetura
Construções | Praças | Logradouros | Templos

Construções:

Três Marias:
Construção de 1910 e 1912, são três caixas d'água, desativadas em 1957, que abasteciam a Cidade de água potável. Atualmente são símbolo oficial da Cidade. Sob elas construiu-se a Praça das Caixas d'Água, na área da antiga Garagem do Território. No fim-de-ano ficam todas iluminadas. 
Localização: Av. Carlos com Rogério Weber, Caiari, Praça das Três Marias.

Jerusalém da Amazônia: 
Construção cenográfica situada no meio de uma reserva florestal à margem do Rio das Garças, é palco da representação da Paixão de Cristo. 
Localização: BR-364, sentido Cuiabá, 13 km do Centro. 

Prédio do Relógio:
Antiga sede da EFMM nos anos 50, sua arquitetura lembra uma locomotiva estilizada. Possui vitrôs mostrando os ciclos econômicos da região. Atualmente é um Centro Cultural e o Museu Estadual. 
Localização:  Rua Presidente Dutra, 3.004.

Pontes Metálicas:
Pontes, importadas dos EUA, situadas ao longo da EFMM. Destaca-se a de Jacy-Paraná que é a de maior vão livre existente no país, 83,90 m. 

Instituto de Educação Carmela Dutra:
Centro de formação de professores.

Fortaleza do Abunã: 
Construção de importância histórica. 
Localização:  BR-364 sentido Rio Branco.

Assembléia Legislativa do Estado:

Palácio Presidente Vargas: 
Construção de 1954, em estilo neocolonial, é a sede do Governo.
Localização: Praça Getúlio Vargas, Centro.

Porto do Cai n’Água:
Construção que fica próxima ao local onde existia o "porto velho dos militares", origem do nome da cidade. Não dispõe de qualquer infra-estrutura portuária. Situa-se nas margens do rio Madeira e dele partem embarcações que levam passageiros em direção ao Amazonas.

Prédio do Porto Velho Hotel:
Construção de 1943, em estilo neocolonial, funcionou até 1974. Em 1979, o prédio passou a sediar algumas secretarias, quando foi denominado de Palácio das Secretarias. Mais tarde acolheu a FUNDACENTRO, que se transformou na Fundação Universidade de Rondônia. 

Memorial ao Imigrante:
Monumento que marca várias fases da história de Rondônia, descritas em placa de bronze. 
Localização: Trevo do Roque.

Mirantes I e II:
Oferece vista da grande curva do Madeira, todo o conjunto do Museu da EFMM, com seus galpões de aço, trilhos e velhos trens. Possui restaurantes onde se pode saborear comidas típicas como o tacacá, pato no tucupi, pirarucu de casaca, caldeirada, etc.

Mirante III:
Oferece vista do longo estirão do rio, com mais de 800 m de largura. Localiza-se 500 m rio abaixo. Possui restaurantes onde se pode saborear comidas típicas como o tacacá, pato no tucupi, pirarucu de casaca, caldeirada, etc. 

Praças:

Praça Madeira-Mamoré:
Antiga estação ferroviária transformada em Praça. Abriga o Museu Ferroviário. Dela saem os passeios, aos domingos,  pelos 7 km da ferrovia.

Logradouros:

Bairro da Arigolândia:
Bairro nascido durante a II Grande Guerra, com a reativação dos seringais. Os  "soldados da borracha" eram abrigados em barracões e em volta deles surgiu o bairro. Localiza-se ao longo da orla do Rio Madeira, numa região elevada, é um dos mais agradáveis bairros da Cidade. Abriga 3 mirantes construídos em pontos diferentes, os Mirantes I, II e III; o estádio de futebol, e uma frondosa castanheira, hoje tombada, local de ensaio da Escola de Samba Unidos da Castanheira, várias vezes campeã do Carnaval da Cidade.

Bairro Caiarí: 
Um dos mais antigos bairros de Porto Velho, construído em 1938, foi destinado ao corpo burocrático e gerencial da E.F.M.M. Nele encontra-se o primeiro conjunto habitacional entregue à sua população, as Três Caixas d´Água, o Colégio Barão do Solimões e a Catedral do Sagrado Coração de Jesus. 
Localização: Centro.

Vila Ferroviária:
Nela se encontra os vagões antigos da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. 
Localização: Estrada para a Cachoeira de Teotônio, 20 km.

Templos:

Catedral do Sagrado Coração de Jesus:
Construção de 1927, feita pelos padres salesianos, em estilo clássico-colonial, é o maior santuário de Rondônia. Sua nave central e seu altar principal são de mármore italiano. Apresenta vitrais com motivos bíblicos. 
Localização: Rua D. Pedro II  com José Bonifácio, Centro.

Capela de Santo Antônio de Paula:
Construção de 1913, é a única obra de que resistiu ao tempo. Marco da fundação da Cidade, oferece vista panorâmica da cachoeira de mesmo nome. Tombada pelo patrimônio histórico do Estado.
Localização: Acesso pela EFMM ou Estrada de Santo Antônio.

Igreja de São Cristóvão:
Seu interior possui detalhes automobilísticos. 
Localização: Rua Guanabara, 2.078, São Cristóvão.

Igreja de São Thiago: 
Localização: Rua José Amador dos Reis, 2.810, Bairro JK - Tel: 226-1355.

Seita União do Vegetal:
Localização: Rua Engenheiro Joaquim Araújo Lima s/nº, Embratel.

Igreja do Rosário:

Igreja de Santa Luzia:






® Copyright 2000-2020 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal