Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 25 de Fevereiro de 2020

Bandeira do Rio de Janeiro
Bandeira do Rio de Janeiro

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
  :: Rio de Janeiro
    .: Arquitetura
    .: Como Chegar
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Distritos Turisticos
    .: Eventos
    .: Hidrografia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Litoral
    .: Parques
    .: Relevo
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Municípios


Rio de Janeiro - RJ

Litoral
Praias | Lagoas | Restingas | Ilhas | Baías

Praias:

Praia de Ramos:
Praia com iluminação, calçadão, aparelhos de ginástica e balanços.

Praia do Flamengo:
Praia com 1 km de extensão, acompanha todo o Parque do Flamengo. Começa logo após da Marina da Glória e termina antes do Restaurante Porcão Rio's. 

Praia de Botafogo:
Praia com 800 m de extensão, situada na Enseada de Botafogo, urbanizada, com mar calmo, bom para esportes a vela. Muito usada para o futebol. Nela encontram-se o Iate Club do Rio e a Ciclovia Mané Garrincha, que liga a Zona Sul e o Centro. É margeada pela Av. das Nações Unidas.

Praia da Urca:
Praia com 100 m de extensão, mar calmo, localizada no sopé do Morro da Urca. 

Praia de Fora:
Praia com 100 m de extensão, areia branca e fina e águas calmas. Está próxima à Fortaleza de São João.

Praia de Dentro:
Praia com 170 m de extensão, areia branca e fina e águas calmas. Está próxima à Fortaleza de São João.

Praia Vermelha:
Praia com areia amarela e grossa. Nela encontra-se a estação do teleférico para os Morros da Urca e do Pão de Açúcar.

Praia do Leme:
Praia com areia branca e fofa, se estende do Morro do Leme até a Avenida Princesa Isabel. Nela se encontra o Forte do Leme. Possui a água mais limpa da Cidade.

Praia de Copacabana:
Praia com 6 km de extensão, apresenta faixa larga de areia e ondas fracas ou fortes, dependendo do trecho. É circundada pela Av. Atlântica e vai da Av. Princesa Isabel até o Forte de Copacabana. Tem inúmeros campos de futebol, vôlei e futevôlei. Nela é realizada a mais famosa Festa de Reveillon do País, com espetáculos pirotécnicos. Toda a Praia é iluminada favorecendo à prática de esportes à noite.

Praia do Forte:
São três pequenas praias de ondas fortes, boa para surfe e pesca.

Praia do Diabo:
Praia pequena, com ondas fortes, localizada entre a Ponta de Copacabana e a Ponta do Arpoador. Boa para surfe.

Praia do Arpoador:
Praia com 500 m de extensão, apresenta areia clara, ondas fortes, anfiteatro, aparelhos de musculação e quadras de esportes. Muito procurada para surfe. Localiza-se entre o Forte de Copacabana e a Rua Francisco Otaviano. Junto encontra-se o Parque Garota de Ipanema, onde os skatistas contam com uma pista especial.

Praia de Ipanema:
Praia com 2,2 km de extensão, muito freqüentada, situa-se na restinga que separa o Oceano Atlântico da Lagoa Rodrigo de Freitas. Tem faixa larga de areia clara e ondas relativamente fortes. É circundada pela Av. Vieira Souto e se estende da Pedra do Arpoador ao canal do Jardim de Alá.  É palco de grandes eventos, como o Mundial de Vôlei de Praia. Dela se tem visão para as Ilhas das Palmas, Cagarras, Comprida, Rasa e Redonda. O calçadão é margeado por uma extensa ciclovia, que vai do Leblon até o Leme. Aos domingos a Av. Vieira Souto fica fechada para o lazer das 8:00h às 18:00h.

Praia do Leblon:
Praia com 1,3 km de extensão, areias claras e fofas e ondas fortes. É a continuação da Praia de Ipanema. Localiza-se entre as encostas do Morro Dois Irmãos e o Jardim de Alá. Nela se inicia a ciclovia que vai até o Leme. É circundada pela Av. Delfim Moreira. Boa para surfe, principalmente perto das encostas do Morro Dois Irmãos. Aos domingos a Av. Delfim Moreira fica fechada para o lazer das 8:00h às 18:00h.

Praia do Vidigal:
Praia com 600 m de extensão, areia clara e fofa, na encosta do Morro Dois Irmãos. Acesso pela Av. Niemeyer.

Praia de São Conrado:
Praia com 1 km de extensão, areia clara e fofa, ondas fortes, boa para surfe. É margeada pela Av. Prefeito Mendes de Morais. Localiza-se próximo ao Morro Dois Irmãos, à Pedra da Gávea e à maior favela urbana do mundo, a Rocinha.  A Praia começa no final da Avenida Niemeyer, estendendo-se até o Túnel São Conrado.

Praia do Pepino:
Praia localizada na extremidade sul da Praia de São Conrado. É famosa pelos pousos de praticantes de asa-delta que saltam da Pedra Bonita.

Praia do Joá:
Praia com faixa estreita de areia e ondas boas para surfe. Localiza-se no Morro do Joá. É de acesso difícil pois sua entrada se faz através de um condomínio privado. Na maré alta não é possível chegar a esta Praia.

Praia da Barra da Tijuca:
Praia com 18 km de extensão, a maior do Rio de Janeiro. Inicia-se no Morro do Joá e estende-se até o Recreio dos Bandeirantes (Pontal de Sernambetiba). Tem areia branca e fina e ondas fortes. É totalmente margeada por uma ciclovia e um calçadão com quiosques, entre eles o do Pepê, famoso campeão de vôo-livre, já falecido.

Praia do Recreio dos Bandeirantes:
Praia separada da Praia da Barra por uma grande pedra, tem águas calmas e areias claras.

Prainha:
Praia situada dentro de Área de Proteção Ambiental, boa para surfe.  Acesso somente de carro.

Praia do Grumari:
Praia com 2,4 km de extensão, está situada dentro de  Área de Proteção Ambiental, entre as Praias de Barra de Guaratiba e Prainha. A areia é grossa e bem amarela e com ondas fortes, boas para surfe.  Possui uma das águas mais limpas da cidade.

Praia Funda, Meio, Perigosinho e Inferno:
Praias com estreita faixa de areia branca e ondas violentas. A dificuldade de acesso (trilhas) as mantém em estado quase selvagem.

Praia da Barra de Guaratiba:
Praia de acesso interditado por ser área militar. À sua direita tem início a Restinga de Marambaia. 

Praia da Pedra de Guaratiba:
Praia com vila de pescadores.

Praia de Sepetiba, Recôncavo e Cardo:
Praias situadas em Sepetiba, próximas ao Porto.

Lagoas:

Lagoa da Tijuca:
Lagoa com 4,8 km² de área, situa-se junto ao Oceano, que começa na Joatinga, Bairro da Barra da Tijuca, e é salgada. Liga-se à Lagoa de Jacarepaguá por um estreitamento de terra.

Lagoa de Jacarepaguá: 
Lagoa com 3,7 km² de área, é separada da Lagoa da Tijuca por um estreitamento de terra. Possui água doce.

Lagoa do Camorim: 
Lagoa com 0,8 km² de área, situada entre as Lagoas da Tijuca e de Jacarepaguá, possui águas salobras. Hoje encontra-se reduzida quase que a um canal devido à ação do aterro. 

Lagoa de Marapendi:
Lagoa com 10 km de extensão e 3,5 km² de área, liga-se à Lagoa da Tijuca através do Canal de Marapendi. Localiza-se paralelamente à Praia da Barra da Tijuca e a parte da Praia do Recreio dos Bandeirantes.

Lagoinha:
Lagoa com 0,7 km², localizada no Recreio dos Bandeirantes, cujas águas procedem do Canal das Taxas.

Lagoa Rodrigo de Freitas:
Lagoa totalmente cercada de Bairros, é local de lazer, patinação, ciclismo, remo e futebol do carioca. Nela se encontram vários Clubes, o Estádio de Remo da Lagoa e a Sociedade Hípica Brasileira. Tem superfície de 4,5 milhões de m². Está ligada ao mar pelo Canal do Jardim de Alá, que separa Leblon de Ipanema. Tem esse nome em homenagem a Rodrigo de Freitas, português multimilionário. Encontra-se na base do Morro do Cantagalo.

Restingas:

Restinga da Marambaia: 
Barragem de areia com cerca de 79 km², compreendendo a restinga propriamente dita e o Morro ou Ilha da Marambaia. Funciona como um dique, isolando as águas da Baía de Sepetiba do Oceano. Possui 40 km de comprimento, estendendo-se de Barra de Guaratiba à leste até o Morro da Marambaia a oeste. Em Barra de Guaratiba, possui uma largura de 1.800 m e a meio caminho estreita-se para 120 m. A seguir volta a alargar-se e bifurca para formar a Ponta da Pombeba, apresentando a leste um campo de dunas de até 30 m de altura. A oeste a restinga é formada de planícies com altura máxima de 10 m.

Ilhas:

Ilha Fiscal:
Ilha situada na Baía de Guanabara, próxima ao Paço Imperial, no Centro da Cidade. Nela se encontra o Palácio onde D. Pedro II se apresentou pela última vez diante da corte, investido das honras de Imperador - o Baile da Ilha Fiscal, em 1889. O Palácio foi destinado para Quartel da Guarda de Fiscalização do Porto. 
Localização: 1º Distrito Naval, Praça Barão de Ladário, s/nº, Centro.

Ilha de Paquetá:
Bairro do Rio de Janeiro, tem por nome oficial Freguesia do Senhor Bom Jesus do Monte da Ilha de Paquetá. Paquetá, como é conhecida, tem seu nome de origem indígena significando "Muitas Pacas", devido a grande quantidade de pacas que habitavam a Ilha. Foi descoberta em 1555 pelos franceses. Em 1808 foi construída a capela consagrada a São Roque, padroeiro da Ilha. Após uma tempestade na Baía de Guanabara o galeão de Dom João Vl atracou em Paquetá, deslumbrando o Príncipe Regente que a chamou de "Ilha dos Amores". Abriga edifícios históricos como a Igreja de São Roque, o Solar del Rey e a Casa de José Bonifácio. Em 1810 foi erguida a Igreja da Matriz do Senhor Bom Jesus do Monte.  Em 1833 Paquetá deixou de fazer parte da Freguesia de Magé, passando a pertencer à Corte (Rio de Janeiro). Em 1938 o Solar d'El Rey foi tombado e, em 1965, transformado no Museu de Artes e Tradições Paquetaenses. Em 1977 tornou-se sede da Biblioteca Popular de Paquetá. As Praias - Moreninha e Catimbau - são próprias para banhos. A circulação de veículos é proibida na Ilha e os turistas devem andar de bicicleta ou charretes. 
Localização: Praça XV de Novembro, 21, Centro.
Funcionamento: Barcas - 2ª a 6ª feira às 5:30h / 7:10h / 10:20h /13:20h / 15:30h / 17:30h / 19:00h / 21:00h / 23:00h. Domingos e feriados não há o 1º horário, nem o das 21:00h e Aerobarco - 2ª a 6ª feira, a cada 2 h.

Arquipélago das Cagarras:
Ilha localizada no Oceano Atlântico, em frente ao Bairro de Ipanema. É um conjunto de Ilhas entre as quais se destacam: Comprida, Filhote, Cagarra e Palmas (com farol). Propícias para pesca. 
Acesso: Somente marítimo, podendo-se alugar barcos na Praça XV e na Marina da Glória.

Ilha do Sol:
Ilha localizada na Baía de Guanabara. Nesta Ilha se encontra as ruínas da casa que pertenceu à falecida atriz Luz Del Fuego, criadora do primeiro campo de nudismo do País.

Ilha de Brocoió:
Ilha com aproximadamente 200 mil m², abriga uma mansão em estilo normando. É tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico da Cidade do Rio de Janeiro.

Baías:

Baía de Sepetiba:
Baía com 520 km² e 170,5 km de perímetro, situa-se no litoral sul do Estado e é formada pela barragem da Restinga da Marambaia. Limita-se com a Baía da Ilha Grande e abriga cerca de 49 ilhas e ilhotas. Está se tornando um importante espaço econômico devido ao desenvolvimento de seu Porto.

Baía de Guanabara:
Baía com aproximadamente 381 km², volume de água de 3 bilhões de km3, perímetro de 131 km e  profundidade média em torno de 3 m na área de fundo; 8 m na altura da Ponte Rio-Niterói; e 17 m no canal de entrada da barra. É uma das mais importantes do Brasil devido ao Porto do Rio de Janeiro. Contém diversas ilhas e ilhotas que perfazem uma área de 44 km², com destaque para as Ilhas de Paquetá e do Governador. Em sua margem Oeste localiza-se a Cidade do Rio de Janeiro e na margem Leste o Município de Niterói. Suas águas são escuras, turvas e frias e vem sendo alvo de diversas campanhas de despoluição.






® Copyright 2000-2020 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal