Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 14 de Outubro de 2019

Bandeira de São Paulo
Bandeira de São Paulo

» Home
» Brasil
» Regiões
» Estados
  :: São Paulo
    .: Arquitetura
    .: Como Chegar
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Distritos Turisticos
    .: Eventos
    .: Hidrografia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Litoral
    .: Parques
    .: Relevo
    .: Sites Municipais
    .: Álbum de Fotos

 
» Municípios


São Paulo - SP

História

Após a fundação da  Vila de Santo André da Borda do Campo, em 1553, os padres da Companhia de Jesus, entre eles,  José de Anchieta e Manoel da Nóbrega, escalaram a Serra do Mar chegando ao Planalto de Piratininga.
Neste lugar, fundaram o Colégio dos Jesuítas em 25 de janeiro de 1554, e iniciou-se a construção do Povoado de São Paulo de Piratininga.
Em 1560, o povoado passou a Vila porém, devido à distância do litoral, ficou isolada por algum tempo.
Em 1711, a Vila foi elevada à categoria de Cidade.
Com a Independência do Brasil, em 1822, São Paulo firmou-se como Capital da Província e sede de uma Academia de Direito e em 1825, iniciou-se a urbanização da Cidade.
No final do século, com a expansão da lavoura cafeeira, a estrada de ferro, que ligava a Cidade ao Porto de Santos, chega a Cidade e com ela profundas transformações.
Chegam os imigrantes europeus e a Cidade se expande e se urbaniza mais. Surgem as primeiras linhas de bondes, os reservatórios de água e a iluminação a gás e conseqüentemente as primeiras indústrias. O Brás e a Lapa transformaram-se em bairros operários, a região do Bexiga foi ocupada pelos imigrantes italianos e a Avenida Paulista, aberta em 1891, pelos palacetes dos grandes cafeicultores. 
A riqueza do café traz trens, bondes, eletricidade, telefone, automóvel, melhoramentos urbanos como calçamento, praças, viadutos, parques e os primeiros arranha-céus.
A industrialização se acelera durante a Primeira Grande Guerra. 
A vida cultural fervilha, culminando na Semana de Arte Moderna, no Teatro Municipal, em 1922. Em 1932, explode a Revolução Constitucionalista e as ruas da Cidade viram uma praça de guerra, mas São Paulo é derrotado e com isso, sua influência política no cenário nacional ficou abalada. A Cidade passa a investir na cultura. Surge a Universidade de São Paulo, em 1934 e o Edifício Martinelli, o maior arranha-céu de São Paulo.
A década de 40 traz o Plano de Avenidas, com amplos investimentos no sistema viário e a de 50, a instalação da indústria automobilística e o crescimento desordenado em direção à periferia, aumentado nas décadas posteriores pela migração de outros Estados, principalmente do Nordeste.






® Copyright 2000-2017 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal