Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 19 de Setembro de 2020

Bandeira de Alagoas
Bandeira de Alagoas

» Home
» Brasil
» Regiões
  :: Alagoas
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Culinária
    .: Economia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Quadro Humano
    .: Quadro Natural
    .: Turismo
    .: Sites Estaduais

 
» Capitais
» Municípios


Alagoas (AL)

Quadro Natural
Áreas de Preservação

Características:

Apresenta três unidades características da Região Nordeste: o Litoral e Mata; o Agreste; e o Sertão.

  • Litoral e Mata - faixa úmida que compreende a planície litorânea e a baixada que era constituída pela floresta tropical, devastada para o cultivo da cana-de-açúcar. Nela encontra-se a Capital, Maceió.

  • Agreste - zona de transição entre o Litoral e Mata e o Sertão. Corresponde à parte central do Estado, com relevo suave, e numa parte é desprovida da vegetação natural. Neste espaço se destacam a pecuária, as culturas de fumo e arroz, a lavoura do algodão e a fruticultura. Ela recebe grande migração da população e Arapiraca é o principal centro urbano.

  • Sertão - corresponde à porção ocidental do Estado e apresenta vegetação de caatinga. A lavoura é de subsistência e a pecuária é a principal atividade econômica. É a área menos povoada do Estado, e Santana do Ipanema é seu mais importante centro urbano.

Cerca de 86% do território alagoano se encontra abaixo de 300 m de altitude, e 61% abaixo de 200 m. Apenas 1% fica acima de 600 m. A Serra de Santa Cruz é a parte mais elevada de Alagoas com 844m de altitude.
Sua rede hidrográfica é composta por rios perenes que desembocam no Oceano Atlântico, além de um considerável número de lagoas, litoral e mata e os que convergem, quase sempre, para o Rio São Francisco, no Agreste.
Seu clima é úmido e semi-úmido no litoral e mata quente (médias anuais superiores a 24ºC) e semi-árido no sertão, incluído no chamado Polígono das Secas.
Merecem destaque as lagoas de Alagoas. São quase 20, concentradas no litoral sul entre o Rio São Francisco e Maceió. São elas: Lagoas da Anta, Azeda, Mundaú, Jacarecica, Manguaba, Jequiá, do Niquim, Escura, Roteiro, Tabuleiro, Pacas, Guaxuma, Doce, Vermelha, Comprida, dos Patos, Mangues, do Pau e do Taboado.
Na Foz do Rio São Francisco, fronteira com o Estado de Sergipe, está o Pontal da Barra, uma área de preservação com manguezais, dunas e coqueirais. Outras praias são preservadas também, como a do Peba, área de desova de tartarugas marinhas, e Paripueira, estação de proteção ao peixe-boi.

Áreas de Preservação:

Área total (ha) Municípios
Área de Proteção Especial da Orla Marítima da Praia de Peba 2.778 Piaçabuçu, Feliz Deserto e Coruripe
Área de Proteção Ambiental de Catolé e Fernão Velho 5.415 Maceió e Satuba
Área de Proteção Ambiental de Santa Rita 8.800 Maceió, Marechal Deodoro e Coqueiro Seco
Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais 415.565 Maceió, Barra de Santo Antônio, São Luis do Quitunde, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Ponto de Pedras, Japaratinga e Maragogi
Área de Proteção Ambiental Marituba do Peixe 10.900 Penedo, Piaçabuçu e Feliz Deserto
Área de Proteção Ambiental de Piaçabuçu 9.143 Piaçabuçu
Estação Ecológica de Murici 6.116,43 Murici e Messias
Reserva Ecológica de Manguezais da Lagoa do Roteiro 742 Barra de São Miguel e Roteiro
Reserva Ecológica do Saco da Pedra 150 Marechal Deodoro





® Copyright 2000-2020 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal