Uma Viagem pelo Brasil na Web

Brasil, 19 de Setembro de 2020

Bandeira de Minas Gerais
Bandeira de Minas Gerais

» Home
» Brasil
» Regiões
  :: Minas Gerais
    .: Cultura
    .: Dados Gerais
    .: Culinária
    .: Economia
    .: História
    .: Infra-Estrutura
    .: Quadro Humano
    .: Quadro Natural
    .: Turismo
    .: Sites Estaduais

 
» Capitais
» Municípios


Minas Gerais (MG)

História

No século XVI, as bandeiras entraram no território do Estado a procura de ouro e pedras preciosas. A descoberta de ouro em grande quantidade desencadeou uma corrida à região provocando o surgimento de diversos núcleos populacionais e confrontos sangrentos entre eles a Guerra dos Emboabas.
Em 1709, foi criada a Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, passo decisivo para a afirmação da presença portuguesa no Brasil.
Em torno dos núcleos que surgiram desenvolveram-se as atividades agropastoris para abastecer a mineração e daí o aparecimento das fazendas de gado.
O considerável povoamento de Minas Gerais criou um grande mercado para numerosos artigos, como tecidos, alimentos, chapéus, sapatos e outros, que passaram a ser produzidos nos núcleos urbanos que se foram formando. É o início precoce de um processo de industrialização, que se limita ao artesanato e à manufatura.
Transformou-se, então, no centro econômico da Colônia, motivo de grande interesse da Corte que cobrava impostos sobre a produção. Na segunda metade do século XVIII a produção começa a cair e como Portugal aumentou a arrecadação dos impostos, a população se revoltou, culminando na Inconfidência Mineira, tendo como grande vulto o alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Para reforço da autoridade, foi criada, no mesmo ano da Inconfidência, a Capitania de Minas Gerais.
Após a Independência, graças à expansão do café no sudoeste e em áreas vizinhas ao Vale do Paraíba, Minas se recupera.
Minas Gerais sempre esteve presente na vida política do País. Junto com o Rio de Janeiro e São Paulo, dá sustentação ao Governo Central contra as revoltas provinciais durante a Regência.
Na República, reveza com os paulistas a presidência, na chamada aliança do “café-com-leite”.
Adere à Revolução de 30, colocando fim à República Velha. Minas Gerais foi o agente garantidor da ordem, a base do Presidente Getúlio Vargas, principalmente durante o Estado Novo, mas em 1943 faz o Manifesto dos Mineiros onde se pedia a democratização do País.
Em 1955 elege Juscelino Kubitschek para a Presidência da República e em 1964 apóia o golpe militar. Em 1985 volta à vida política com Tancredo Neves.






® Copyright 2000-2020 - Brasil Channel - todos os direitos reservados por lei,  proibida a reprodução total ou parcial deste site.
LEI Nº 9.610/98 - DIREITOS AUTORAIS, LEI Nº 9.609/98 PROTEÇÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL e LEI No 10.695 - Código de Processo Penal